Wtransnet retira-se do Brasil e expande-se para mercados de Leste

0

A Wtransnet está a atravessar um período de mudanças e novas decisões estratégicas, segundo o Transportes & Negócios. O órgão de comunicação social esteve presente na sexta edição do encontro WConnecta, que decorre hoje em Madrid, à margem do qual conversou com o area manager da Wtransnet para Portugal, Manuel Fontes. 

A Wtransnet cessou atividades no mercado brasileiro, uma decisão motivada pela força dos concorrentes locais já instalados e desadequação do modelo de negócio da Wtransnet ao mercado brasileiro. “Deixou de fazer sentido. Apareceram outros operadores brasileiros a utilizarem plataformas semelhantes pelo que era complicado gerir o negócio desde Barcelona”, explicou Manuel Fontes à Transportes & Negócios.

Uma das principais dificuldades de implementação da bolsa Wtransnet no Brasil prendeu-se com as regras e calendarização de pagamento, já que por terras de Veracruz a prática comum é pagar metade do transporte aquando do carregamento e saldar a dívida após a entrega, um hábito completamente diferente e difícil de conciliar com o modelo de pagamento a 60 ou 90 dias que a Wtransnet utiliza.

Em 2014 a Wtransnet contava com 1.500 utentes no mercado brasileiro, um número muito aquém do objetivo que traçara de atingir os 20.000 clientes até ao ano 2020.

A caminho do Leste da Europa

Segundo a Transportes & Negócios, a atual edição do WConnecta demonstra uma clara intenção de expansão para os mercados de Leste. “Ano após ano vamos crescendo. Temos clara consciência de que o contacto pessoal, o conhecer as pessoas que estão por detrás de uma plataforma informática é muito importante. E por isso este evento faz cada vez mais sentido”, sumariza Manuel Fontes. Assim, a edição deste ano conta com a presença de alguns agentes a operar nestes mercados, sendo que esta maior aproximação se vem consolidando sobretudo com os mercados polaco e o romeno.

O alcance do WConnecta tem crescido notavelmente e multiplicado o número de visitantes: a primeira edição do evento contou com 40 participantes, ao passo que a atual recebe 700. O encontro, que aposta fortemente no networking, assume um papel cada vez mais forte como intermediário do contacto entre transportadoras e operadores logísticos, fomentando a criação de sinergias e de parcerias futuras. Em março deste ano a Wtransnet estreou-se na organização de eventos em Portugal, com o I Encontro de Empresas de Transporte na Península Ibérica, em Lisboa.

Simplifique a gestão do tacógrafo digital com a descarga de dados à distância.

Share.
Saiba mais sobre:   Negócios e Empresas

Leave A Reply