WalkCar: o novo veículo de transporte vem do Japão e é como um skate elétrico futurista

0

Parece uma tampa de um computador portátil transformada em skate, mas é na verdade uma espécie de carro para peões. O WalkCar tem uma lógica de funcionamento semelhante à do Segway, capacidade de carga de 120 kg e é muito compacto. Se estes novos veículos amigos do ambiente e de transporte fácil despertam a sua curiosidade, espreite também a “trotinete” elétrica Last Mile Surfer da Volkswagen.

*Texto escrito segundo as normas do português do Brasil.

Talvez o WalkCar venha a ocupar o posto de veículo de transporte individual mais inusitado desde a criação do Segway. Desenvolvido pela startup japonesa Cocoa Motors, a invenção lembra vagamente um skate, mas motorizado e com corpo de alumínio.

Basicamente, tudo o que você precisa fazer para usar o WalkCar é colocá-lo no chão e subir em cima do equipamento. O pequeno veículo começará a andar. Como não há apoio para braços e mãos, talvez você tenha alguma dificuldade para se equilibrar no início, mas os desenvolvedores dão a entender que não é preciso muito tempo para se acostumar à ideia.

De acordo com Kuniako Saito, principal engenheiro do projeto, o WalkCar pode transportar uma pessoa à velocidade de 10 km/h e percorrer até 12 quilômetros com uma carga completa. A bateria, de íons de lítio, leva aproximadamente três horas para ser recarregada.

Está nos planos da Cocoa Motors lançar duas versões do WalkCar. A primeira, mais simples, será apropriada a ambientes internos com piso regular, como shoppings e supermercados. A segunda será um pouco mais robusta, podendo ser usada em ruas ou calçadas que tenham, no máximo, discretas irregularidades. Ambos os modelos serão capazes de transportar até 120 quilos.


Os controles, explica Saito, são de rápida assimilação. Se você quiser virar, basta inclinar o corpo para o lado desejado. Quanto mais intenso for esse movimento, mais fechada será a curva. É quase como andar de skate mesmo, só que sem as manobras radicais — você até pode arriscar um ou outro movimento mais ousado, mas não conseguirá nada realmente empolgante. Para parar o veículo, basta descer dele.

Outro destaque do diminuto veículo é a facilidade para transportá-lo e guardá-lo em casa. O WalkCar não é muito maior que um notebook ou um caderno, assim, você pode levá-lo com relativa facilidade na mochila. O equipamento deve pesar entre dois e três quilos.

Será que o projeto vinga? Acredito que sim. Mas não vejo um fenômeno de vendas saindo daí. Na primeira olhada, o WalkCar pode até impressionar, mas se analisarmos bem, o veículo está mais para uma nova opção de lazer do que para um meio de transporte para o dia o dia, com exceção para algumas poucas aplicações — locomoção de seguranças em shoppings, por exemplo (talvez a aplicação mais popular dos Segways).

Não vai demorar muito para descobrirmos se a ideia convence. A Cocoa Motors pretende promover a primeira versão do WalkCar em uma campanha no Kickstarter em outubro. A novidade deverá custar por volta de US$ 800 (729,93 €). As entregas serão feitas no primeiro semestre de 2016.

Por: Emerson Alecrim (adaptado) | Fonte: Tecnoblog

Melhore a gestão dos veículos da sua frota com a geolocalização.

Share.
Saiba mais sobre:   Tecnologia e Inovações

Leave A Reply