Volvo apresentou autocarros amigos do ambiente em seminário no Porto

0

A Volvo está atenta às preocupações ambientais e preferências dos passageiros de transportes públicos e consciente das vantagens da “eletromobilidade”. Por isso mesmo apresentou esta semana algumas das novidades que integram a sua frota de autocarros mais amigos do ambiente – modelos híbridos, elétricos e híbridos plug-in – no âmbito de um seminário realizado no norte do país.

A Auto Sueco e o CEIIA (Centro para a Excelência e Inovação na Industria Automóvel) organizaram um seminário subordinado ao tema ”Inovação e Tecnologia na Mobilidade Urbana”. O evento decorreu no Porto e contou com a presença dos principais operadores de transportes públicos de passageiros de Portugal. Neste seminário, a Auto Sueco apresentou algumas das soluções que a Volvo Buses tem vindo a implementar e desenvolver no domínio dos autocarros híbridos, híbridos ‘plug-in’ e elétricos.

Segundo a Auto Sueco, o ponto de partida da marca Volvo para a definição da sua Estratégia de Desenvolvimento de Produto foi não apenas o enquadramento legal, mas sobretudo as aspirações e desejos das populações das cidades e dos operadores.

“A verdade é que a eletromobilidade é, seguramente, a melhor opção para corresponder a essas aspirações: a eletricidade é a mais eficiente fonte de energia, sendo três vezes mais eficiente do que o gás, por exemplo. Para além disso, garante níveis de emissões e de ruído totalmente compatíveis com as exigências da vida nas cidades”, refere Pedro Oliveira, diretor executivo da Auto Sueco.

Atualmente, a Volvo Buses já produziu já mais de dois mil autocarros híbridos, que estão a circular um pouco por todo o mundo, e que proporcionam uma redução de 30 a 40 por cento no consumo de combustível e nas emissões de escape. Neste seminário foi possível ouvir o testemunho de Wolfgang Schroeder, responsável da empresa luxemburguesa Sales-Lentz, uma operadora onde esta tecnologia é já uma realidade e que confirmou estes resultados.

O passo seguinte, que está já a ser testado em Hamburgo e Estocolmo, será a produção do modelo híbrido ‘plug-in’, que funciona de forma muito mais dependente da energia elétrica, e permite uma redução de 75 por cento no consumo de combustível e nas emissões de CO2.

Mas a visão da Volvo terá uma materialização plena nos modelos totalmente elétricos, sem emissões de escape, sem ruído no espaço urbano e sem consumo de combustíveis fósseis. Esta solução está também já em fase de testes na cidade de Gotemburgo e entrará em produção, de acordo com os planos da Volvo, em 2017.

Por: Carlos Moura | Fonte: Transportes em Revista | Fonte (imagem): Volvo Bus Corporation

Mantenha a sua frota de pesados de passageiros “na linha” com a geolocalização.

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade e Ambiente

Leave A Reply