Quadriciclo elétrico de carga passa a integrar a frota da DHL na Holanda

1

Chama-se “Cubicycle” (ou “Cubociclo” numa versão portuguesa), trata-se de um quadriciclo elétrico com uma caixa de carga de 1m3 com uma capacidade média de transporte de 125 kg e é o mais recente veículo a entrar para a frota da DHL. É, para já, o único do seu tipo e pode ser avistado na cidade de Almere (Holanda). Depois de em janeiro ter trazido o serviço de entregas em helicóptero para a Europa, a multinacional de logística e correio expresso volta a surpreender o velho continente com uma solução inovadora e mais prática que as bicicletas de distribuição comuns.

A DHL Express Holanda introduziu um quadriciclo elétrico de carga na sua frota, que está a ser utilizado na cidade de Almere. Batizado como “Cubicycle”, este veículo possui uma caixa amovível que disponibiliza um volume útil de carga de um metro cúbico. A principal vantagem, comparativamente aos outros veículos não motorizados, consiste no seu volume de carga e na melhor integração nos sistemas operacionais da DHL.

O “Cubicycle” foi criado pelo fabricante holandês de bicicletas reclináveis Flevobike. A posição de condução reclinada e a velocidade que resulta dessa postura são caraterísticas do “Cubicycle”, bem como o motor com apoio elétrico, que permite uma aceleração mais rápida no arranque. “O Cubicycle tem uma posição de condução muito confortável e é surpreendentemente ágil, com um grande raio de viragem, mesmo em espaços apertados”afirma Kees de Lange, Vice-presidente de Operações da DHL Express Holanda. Este reforça ainda que “apesar da dimensão da caixa de carga, a bicicleta cabe perfeitamente nas ciclovias. A altura foi adaptada para que os outros condutores tenham visibilidade na via de rodagem, para além dela, sem impedimentos. Este é um fator-chave que distingue a “Cubicycle” de outras bicicletas de grande volume”.

A caixa de carga da bicicleta é pré-carregada num armazém operacional da DHL Express. Devido às suas dimensões (80 x 120 x 100 cm), que correspondem ao tamanho de uma palete de transporte normal, a caixa é facilmente integrável no processo de manipulação de embarque padronizado da empresa. A caixa é entregue num local perto do centro da cidade, de onde a bicicleta começa o seu percurso, tornando o processo ainda mais eficiente. Uma diferença significativa, em comparação com as outras 35 bicicletas DHL utilizadas noutras cidades holandesas, é a possibilidade de entrega de encomendas com maior volume.

A caixa de transporte do “Cubicycle” tem muito mais espaço de carga, comparativamente à “Parcycle” (bicicleta de distribuição de encomendas) ou a uma mochila usada em combinação com uma bicicleta normal. Em média, um “Cubicycle” pode transportar 125kg de carga por viagem, esperando-se que percorra 50 quilómetros por dia.

Por: Carlos Moura | Fonte (imagem): Diederik Van Der Laan / Deutsche Post DHL

Conheça as melhores soluções de localização para os veículos elétricos e para todos os outros que integram a sua frota.

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade e Ambiente

Leave A Reply