Projeto da nova 2ª circular longe ser consensual

0

A obra de construção sob a 2ª circular, tem causado grande polémica entre aqueles que defendem os seus benefícios, para o ambiente, para a cidade e para os seus acessos, sendo que existe também quem considere esta medida despropositada e com grandes implicações negativas no seu trabalho.

O projeto : Prevê a diminuição da velocidade máxima para 60km/h ; diminuição da largura das vias; novo piso; encerramento do acesso em três nós (exigindo mais da CRIL e do Eixo Norte-Sul); plantação de árvores no corredor central e áreas envolventes .

Vamos lá então perceber os argumentos de cada uma das partes:

A favor – O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, assegura que o projeto da segunda circular irá melhorar a fluidez do trânsito e aumentar a segurança de circulação na via

Contra – Taxistas, consideram que o projeto não irá resolver nenhum problema, uma vez que parte das dificuldades do trânsito estão relacionadas com a falta de civismo e respeito entre os condutores. Opõem-se ainda á medida que estipula o limite de velocidade para os 60km/h, considerando que menos velocidade só irá agravar ainda mais o problema de congestionamento.

A favor – Fernando Medina acredita que aquela via, tem de ser encarada como um trajeto de localidade, com implicações diretas e próximas dos cidadãos lisboetas, sendo que para isso será necessário reduzir os níveis de ruído e poluição aí produzidos. Numa das medidas avançadas, o autarca afirma, em declarações à TSF, que irá procurar reservar a faixa da direita apenas para o tráfego de pesados.

Contra – O ACP (Automóvel Club de Portugal), afirma que este projeto deixará a cidade e os lisboetas sem alternativas, provocando o caos na capital. O Presidente do ACP garante que tudo irá fazer para impedir a medida, que na sua opinião a única coisa que traz de positivo tem a ver com o facto de se reasfaltar a via.

Fontes: Rádio Renascença ; Diário de Notícias ; TSF

Vigie a atividade dos veículos da frota da sua empresa com soluções de localização por GPS.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply