Paris proíbe circulação de pesados com 14 anos de idade ou mais

0

O acesso a Paris passou a estar interdito, durante a maior parte do dia, a todos os pesados com idade superior a 14 anos (ou seja, matriculados antes de outubro de 2001). A proibição começou a vigorar no início de setembro. Já pelo início do ano a autarquia da cidade-luz havia manifestado vontade de aplicar mudanças drásticas à circulação de pesados na capital.

Depois de uma fase de adaptação, desde julho, em que os infratores recebiam apenas um aviso, a polícia francesa está a passar multas desde o início de setembro. Todos os veículos abrangidos pela restrição estão impedidos de circular na capital francesa todos os dias da semana, entre as 8 e as 20 horas, com exceção para a periferia e para os bosques de Vincennes e de Boulogne.

O valor da coima é de 35 euros e pode ser acompanhada pela imobilização do veículo ou o acompanhamento até à saída da cidade.

A medida insere-se no programa de Paris contra a poluição atmosférica. De acordo com a câmara municipal, a restrição apenas afeta 7-10% dos veículos com peso superior a 3,5 toneladas existentes em França.

A Federação Nacional dos Transportes Rodoviários (FNTR) francesa não mostra oposição à interdição agora implementada, já que poucos dos seus associados têm veículos tão antigos. O que preocupa, isso sim, a FNTR é a eventualidade de Paris levar avante o objetivo Zero Diesel em 2020.

“Esse combustível ainda é dominante no setor. Ainda é necessário um ‘mix’ de energias”, afirma, citada pela imprensa francesa, a delegada regional da Federação, Elisabeth Charrier.

Com ou sem meta Zero Diesel, o plano da Câmara Municipal de Paris é apertar o cerco às viaturas mais poluentes. “O nosso objetivo é que não tenhamos apenas um plano parisiense, mas um plano regional de luta contra a poluição”, referiu o adjunto da autarquia para os Transportes, Christophe Nadjovski.

Fonte: Transportes & Negócios

Facilite a gestão do tacógrafo do seu camião com a descarga de dados à distância.

Share.
Saiba mais sobre:   Legislação e Concursos

Leave A Reply