O trânsito na zona da Foz, no Porto, começa a mudar na terça-feira

0

A Praça de Liège e ruas como a do Molhe, da Cerca e do Teatro passarão a ter sentidos novos ou inversos aos atuais. As mudanças integram um plano da Câmara Municipal do Porto, que quer racionalizar a circulação do trânsito na zona da Foz, e começam a acontecer na terça-feira, cumprindo um período de transição que durará até quinta-feira (inclusive). Um dos principais objetivos é diminuir o número de sinistros que ocorre na zona – uma média de um acidente a cada três dias – mas também otimizar a duração das rotas e o estacionamento. A medida afetará sobretudo os veículos particulares, mas também algumas linhas da STCP.

Novos percursos serão introduzidos, de forma consecutiva, ao longo de três dias. Autocarros também são afetados.

As mudanças na circulação de trânsito na zona da Foz, no Porto, anunciadas pela câmara em dezembro do ano passado vão entrar em vigor na próxima semana. A partir de terça-feira e ao longo de três dias vão sendo introduzidas as alterações que implicam mudanças de sentido ou a introdução de dois sentidos nas artérias mais movimentadas. Há alguns ajustes à proposta inicial da autarquia.

Com o mote “encurtar percursos, disciplinar o estacionamento, diminuir a sinistralidade”, a Câmara do Porto preparou um panfleto informativo que, nos próximos dias, vai ser distribuído “porta a porta” aos moradores da zona e também deixados nos para-brisas. Esta iniciativa, a par com uma forte campanha de publicidade na imprensa e na rádio é um “esforço” real assumido pela autarquia, para que as alterações cheguem a todos os afetados.

Assim, a partir de terça-feira, a Rua do Molhe passa a ter um sentido único, entre a Rua do Marechal Saldanha e a Rua da Índia. O mesmo acontece a esta última rua, que passa também a ter um único sentido, entre a Rua do Molhe e a Rua do Marechal Saldanha.

Na quarta-feira, entra em vigor um novo conjunto de alterações. A Rua da Cerca passa a ser de sentido único junto à Rua de Diu e vai proceder-se à inversão de trânsito nas ruas de Cadouços, da Luz, do Teatro e do Farol, o mesmo acontecendo no Largo Capitão Pinheiro Torres de Meireles.

Mapa com o novo esquema de circulação nas ruas da Foz do PortoAs últimas alterações a entrar em vigor estão marcadas para quinta-feira, data em que passa a ser possível circular em ambos os sentidos na Rua do Dr. Sousa Rosa e na Rua do Marechal Saldanha (neste caso, apenas entre a Rua do Crasto e a Praça de Liège). No mesmo dia, o trânsito vai passar a andar em sentido inverso na Praça de Liège, na Rua de Cândida Sá de Albergaria, na Rua de José de Carvalho (apenas entre a Rua Dr. Nunes da Ponte e a Praça de Liège) e na Rua do Ribeirinho (entre a Rua Dr. Sousa Rosa e a Rua de Côrte Real).

No essencial, o plano apresentado pela Câmara do Porto em dezembro mantém-se, mas há pequenos ajustes, que resultaram de reclamações e sugestões de moradores e da análise dos técnicos municipais. Assim, as ruas do Farol, do Teatro e Cândida Sá de Albergaria mudam de sentido, em relação ao que foi inicialmente apresentado. Também o troço da Rua da Índia afetado deixa de ter dois sentidos – como estava inicialmente previsto – para permitir apenas a circulação em direção ao oceano.

As alterações de trânsito vão também provocar mudanças nas linhas da STCP 202, 203 e 204. A partir do dia 26, a linha 202 deixa de ir até ao Castelo do Queijo e passa a terminar o seu percurso no Passeio Alegre, enquanto as outras linhas sofrem alterações das paragens, em algumas ruas em que há mudanças de sentido de trânsito.

Em dezembro, o presidente da câmara, Rui Moreira, e a vereadora da Mobilidade, Cristina Pimentel, foram à Universidade Católica do Porto apresentar os planos da autarquia para o trânsito naquela zona da cidade. Na altura, os responsáveis assumiram que estas mudanças pretendem fazer reduzir a velocidade e diminuir a sinistralidade na área. “Por aqui acontece um acidente de três em três dias. Não podemos tolerar isso”, disse, então, o presidente da câmara.

Por: Patrícia Carvalho | Fonte: Público

Otimize as rotas, segurança e gastos da sua frota com a ajuda da tecnologia de localização.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply