Mega-Camiões: A polémica já está em testes nas estradas espanholas

0

A polémica parece que já circula nas estradas espanholas, segundo avança alguma imprensa do país vizinho. Falamos dos megatrucks, mega-camiões, que continuam a suscitar bastantes reservas e a motivar debates sobre a sua viabilidade económica, ambiental e em termos de segurança.

O debate é particularmente intenso uma vez que existem argumentos pro e contra os mega-camiões de 25,25 metros de cumprimento.

Argumentos a favor

Os principais defensores da introdução destes veículos são as transportadoras, que necessitam de transportar grandes quantidades de mercadoria por rotas definidas. Segundo a Aecoc, uma associação que incorpora empresas de grande consumo, os mega-camiões permitirão reduzir os custos associados ao transporte em cerca de 3.800 milhões de euros por ano, graças ao aumento da produtividade

A associação prevê ainda, que os novos veículos permitam uma redução das emissões de CO2

As empresas de transportes apoiam de forma quase unânime a introdução dos mega-camiões, ainda que com algumas limitações.

Argumentos contra

Um dos principais argumentos utilizados contra a introdução destes veículos, é a alegada falta de condições das infraestruturas nacionais, que não estarão preparadas para acolher camiões de tão grandes dimensões.

O investimento necessário para a preparação das infraestruturas nacionais será altíssimo, teria que se reformular estradas, rotundas, pontes e acessos, prejudicando todos os cidadãos, refere a Fetransa.

Outro dos argumentos contra os mega-camiões é a sua falta de segurança, que poderá criar um maior risco de acidentes, com veículos maiores e mais largos, exigindo uma formação e preparação especial dos motoristas.

Fase experimental já na estrada

Segundo o jornal espanhol economista, foi no início deste mês que circulou por uma estrada espanhola o primeiro mega-camião, percorrendo um trajeto de 35 km, numa altura em que se encontra numa fase experimental.

Fonte: El Economista e LaVanguardia

Siga os percursos da sua frota de pesados por terras francófonas e em mais de vinte países europeus – saiba como aqui.

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade e Ambiente

Leave A Reply