Já há petição para os mega-camiões em Portugal

0

Será que as estradas portuguesas têm capacidade para albergar mega-camiões, também conhecidos por Eurocombi. A transportadora portuguesa Gestamp Vendas Novas acredita que sim, tendo inclusivamente lançado uma petição pública dirigida à Assembleia da República.

Este movimento pretende que a circulação dos camiões Eurocombi, com 25,25 metros de comprimento, seja autorizada el Portugal, à semelhança de outros países do espaço europeu.

A petição alega que “os avanços técnicos na conceção dos veículos de transporte rodoviário e a melhoria das infraestruturas rodoviárias do nosso país permitem atualmente autorizar a circulação de determinadas combinações de veículos com massas e dimensões mais elevadas do que aquelas atualmente estabelecidas”

A legislação comunitária que vigora estabelece que cabe a cada um dos Estados-Membros autorizar a circulação de veículos com comprimento de 25,25 metros e peso bruto até 60 toneladas, o que de acordo com os promotores desta petição poderá trazer “benefícios diretos na competitividade das empresas portuguesas, uma vez que estes camiões transportam 50% mais de carga.”

“Deste modo, a proposta consiste na alteração da atual lei para a inclusão de uma configuração euro-modular que permita circulação de veículos com uma massa máxima de 60 toneladas e um comprimento máximo de 25,25 metros. Na prática os 25,25 metros correspondem ao equivalente de um trator com reboque de 13,6 metros mais um atrelado de 7,82m, permitindo assim transportar 52 euro-paletes (120×80 cm) em lugar das 33, possíveis nos atuais camiões com reboques de 13,6 metros”, refere a petição lançada.

De acordo ainda com a petição, esta medida iria melhorar “a eficiência e segurança no transporte rodoviário e permitindo uma operação de mercado mais competitiva.”

Fonte: Logística & Transportes Hoje (adaptado)

Siga os percursos da sua frota de pesados por terras francófonas e em mais de vinte países europeus – saiba como aqui.

Share.
Saiba mais sobre:   Negócios e Empresas

Leave A Reply