Google também quer camiões autónomos

0

Depois da Uber, agora é a Google que se quer lançar no desenvolvimento de tecnologia para camiões autónomos, com o objectivo de melhorar os desenvolvimentos já realizados neste âmbito.

A ideia passa por utilizar a tecnologia já aplicada e testada em veículos ligeiros, em veículos pesados.

Fonte ligada à empresa tecnológica norte-americana, refere que “a tecnologia de condução autónoma pode transportar pessoas e outras coisas de forma muito mais segura do que aquilo que fazemos hoje e reduzir milhares de mortes relacionadas com camiões todos os anos. Vamos pegar nos nossos oito anos de experiência na construção de hardware e software para condução autónoma para perceber que forma é que a nossa tecnologia pode ser integrada num camião”.

Através da WAYMO, empresa que pertence à Google e que está dedicada a esta área de desenvolvimento, a gigante tecnológica pretende disseminar esta tecnologia no setor dos transportes.

Mas apesar dos benefícios identificados, a American Trucking Association estima que cerca de 175 mil condutores possam vir a abandonar a industria, assinalando o impacto social deste avanço tecnológico.

 

Fonte: Logística e Transportes | Wired.com

Siga os percursos da sua frota de pesados por terras francófonas e em mais de vinte países europeus – saiba como aqui.

Share.
Saiba mais sobre:   Tecnologia e Inovações

Leave A Reply