Explosão de camião-cisterna provoca mais de 100 mortes no Sudão do Sul

0

Uma pesada tragédia abateu-se sobre o Sudão do Sul: a explosão de um camião-cisterna acidentado revelou-se fatal para cerca de 100 pessoas. As vítimas, que aproveitavam o despiste para tentar recolher para si algum combustível, acabaram por sofrer com o desfecho trágico, mas relativamente previsível, do cenário em questão. Segundo o Diário Digital, o episódio terá ocorrido durante o dia de ontem, mas só hoje foi comunicado oficialmente por um responsável regional

Uma multidão tentava recolher o carburante de uma camião-cisterna acidentado numa estrada que liga Juba à pequena localidade de Maridi, quando este explodiu. Fontes oficiais locais dizem que há pelo menos 100 mortos e uma centena de feridos.

O primeiro balanço, divulgado pelo porta-voz do gabinete do Presidente Salva Kiir, apontava 85 vítimas mortais e mais de 100 feridos. A maioria sofre de queimaduras graves, indicou um responsável local à rádio sul-sudanesa Eye Radio.
Acidentes com camiões-cisterna são uma ocorrência relativamente comum nas estradas africanas, devido ao mau estado do piso. Do mesmo modo, fugas de oleodutos ocorrem com alguma frequência.
Ambas as ocorrências atraem habitualmente grandes números de pessoas que tentam recolher o combustível em bidões. A maior parte das vezes a situação termina em tragédia, quando o carburante se incendeia e explode.
Em julho de 2010 morreram 292 pessoas na República Democrática do Congo na explosão de um camião-cisterna acidentado. Em dezembro de 2006, a vandalização de um oleoduto em Lagos, Nigeria, acabou por fazer matar 284 pessoas quando o oleoduto explodiu. Seis meses antes a explosão de um outro oleoduto havia feito cerca de 200 mortos.

Fonte: RTP | Fonte (imagem): Freeimages.com / Jarpur

Simplifique a gestão do tacógrafo digital do seu camião com o Inotacógrafo.

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade e Ambiente

Leave A Reply