A Daimler Trucks quer liderar a evolução tecnológica do setor dos transportes

0

A fabricante de veículos pesados Daimler Trucks, revelou alguns dos seus objetivos prioritários para os próximos anos. O grupo apresenta a sua visão estratégica num relatório bastante completo e elucidativo, publicado no mês de Março, mas que poderá explicar as suas futuras ações.

São três, os pilares estratégicos da Daimler Trucks: Liderar em termos tecnológicos; Atingir uma presença de mercado global e Criar plataformas inteligentes

Liderança tecnológica – A fabricante quer marcar a evolução da indústria dos transportes, conciliando o compromisso ambiental e económico, com o crescimento da atividade dos transportes em várias regiões do globo.

Para tal, a Daimler está empenhada em desenvolver inovações focadas na eficiência, segurança e conectividade dos veículos.

Presença Global – O mercado europeu não se encontra ainda na sua melhor forma. Como tal o grupo quer dar continuar a explorar novos mercados como Médio-Oriente, Ásia, América Latina e África.

E a Daimler está, efetivamente, a conseguir penetrar nesses mercados através de parcerias estratégicas. Na Rússia, por exemplo, foi estabelecida uma parceria com a Kamaz.

Plataformas Inteligentes – Oferecer tecnologias adaptadas às necessidades dos mercados, melhorando a eficiência dos processos logísticos. As inovações tecnológicas poderão ajudar as empresas a explorarem as suas economias de escala.

Algumas destas tecnologias logísticas já estão a ser implementadas nos principais mercados da tríade (Japão, América do Norte, Europa Ocidental).

Siga os percursos da sua frota de pesados por terras francófonas e em mais de vinte países europeus – saiba como aqui.  

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Negócios e Empresas

Leave A Reply