DAF renova modelos de transporte de distribuição da série LF

0

A popular série LF foi alvo de diversas inovações, introduzidas pela DAF no âmbito do transporte de distribuição. Com transmissões otimizadas, novo conjunto aerodinâmico e novas opções de distâncias entre eixos e depósitos de combustível, a marca holandesa consegue obter dos modelos agora renovados um maior retorno por quilómetro. Mas as novidades não se ficam por aqui… 

Graças à renovação orquestrada pela DAF, a maioria dos modelos LF da edição 2016 passa a incluir também as mais recentes tecnologias de segurança e conforto instaladas de fábrica, incluindo AEBS, FCW, ACC e LDWS.

As diversas inovações introduzidas pela DAF na série LF vão ao encontro da sua filosofia de eficiência de transporte, que visa diminuir os custos operacionais e aumentar a rentabilidade. Apesar das melhorias ao nível da eficiência, as principais características do DAF LF mantêm-se, incluindo a elevada capacidade de carga, graças a um peso bruto reduzido, a manobrabilidade amigável (possui o círculo de viragem mais pequeno da sua classe), o elevado conforto e a fácil utilização.

As transmissões otimizadas e os motores PACCAR

Um motor PACCAR da DAF.O novo LF edição 2016 inclui, como já foi referido, transmissões otimizadas. O software e a gestão de ar melhorados no sistema de pós-tratamento do gás de escape tornam o motor PACCAR PX-5 de 4,5 litros (112 kW/152 hp – 157 kW/213 hp) até 5% mais eficiente em termos de combustível.

O motor PACCAR PX-7 de 6,7 litros (164 kW/223 hp – 231 kW/314 hp) já está disponível com uma transmissão AS Tronic automática opcional de 12 velocidades. Em comparação com a caixa de velocidades automática de 6 velocidades existente, esta permite um PCB de até 32 toneladas, para desfrutar de uma produtividade adicional. Para além disso, as velocidades do motor inferiores permitem reduzir ainda mais o consumo de combustível e os níveis de ruído interiores.

Capacidade de carga e volumes de depósitos de combustível maximizados

Uma das principais vantagens do novo LF edição 2016 é a qualidade alargada que permite adaptar um veículo à respetiva utilização, graças às sete novas distâncias entre eixos com comprimentos até 6,90 metros. Tal permite carregar comprimentos superiores a 9 metros, garantindo a máxima capacidade de carga.

As distâncias entre eixos maiores permitem obter volumes do depósito de combustível de até 1240 litros, algo único neste setor de camiões de distribuição. Isto resulta numa gama ainda maior, numa disponibilidade máxima do veículo e em benefícios financeiros ao poder reabastecer onde os preços de combustível são mais baixos.

Aerodinâmica e poupança em combustível até 4%

Por forma a garantir uma excelente aerodinâmica e a oferecer o menor consumo de combustível possível, a DAF desenvolveu novos ailerons laterais e um spoiler de tejadilho totalmente novo para os modelos LF com Day Cab. O spoiler de tejadilho está disponível para carroçarias baixas a altas e, em conjunto com os novos ailerons laterais, adapta-se perfeitamente a carroçarias de 2,50 a 2,55 metros de largura. O novo conjunto aerodinâmico permite poupar até 4% em combustível em comparação com o conjunto atual.

Novidades centradas na eficiência

A DAF também apresentou inovações em outras áreas que beneficiam a eficiência. A nova entrada de ar situada diretamente atrás da cabina proporciona um excelente fluxo de ar, ao mesmo tempo que permite a instalação de opções como spoilers de tejadilho de altura regulável, refrigeradores sobre a cabina e conversões da cama superior.
Outras novidades introduzidas no sentido do incremento da eficiência são:

  • Novas luzes traseiras LED, disponíveis no pacote de opções, são mais eficientes do ponto de vista energético e possuem uma vida útil extremamente longa, sendo que, em princípio, durarão a vida de serviço do camião;
  • Especialmente concebido para o transporte de refrigerados, o DAF LF edição 2016 já pode ser encomendado previamente preparado para um gerador Frigoblock (arrefecimento a água, 22,5 kW), em conjunto com o motor PACCAR PX-5 de 4,5 litros e quatro cilindros;
  • O ecrã central no tablier, que já fornece informações do tacógrafo, incluindo as horas de condução, o seguinte serviço agendado e informações sobre a carroçaria.

Mais informação sobre economia de combustível e tacógrafo para o condutor

O interior de um DAF.O assistente de desempenho do condutor da DAF presente nos modelos LF, CF e XF oferece ao motorista informações detalhadas acerca da economia de combustível, do comportamento de travagem e da forma como antecipou as situações de tráfego.

A partir do novo LF edição 2016, também as informações do tacógrafo passam, como foi referido, a apresentar-se no ecrã de informações central. Esta novidade permite aos condutores monitorizar a velocidade do veículo e as horas de condução de forma mais eficiente. Há também espaço para apresentar informação sobre a inspeção de assistência do veículo seguinte, o que ajuda a garantir uma manutenção oportuna. Outra funcionalidade útil para o condutor é que, com base no cartão do condutor, o ecrã muda automaticamente para o idioma preferido.

Também no ecrã central pode figurar a informação sobre a carroçaria e o equipamento auxiliar. Por exemplo, se o guindaste de carregamento não estiver totalmente retraído ou as barras estabilizadoras não estiverem fixas. Isto é possível graças à comunicação melhorada entre o chassis e a carroçaria, o que, por exemplo, também assegura que a carroçaria “sabe” se a transmissão está na posição neutra.

Para além disso, a PTO e a velocidade do motor, entre outras funções, já podem ser controladas através da CAN do veículo central, tanto desde a carroçaria como desde a cabina, para a máxima eficiência e conveniência.

Instalados de fábrica: AEBS, FCW, ACC e LDWS

O DAF LF visto noutro cenário.O DAF LF edição 2016 (PBV de 8 toneladas e suspensão pneumática no eixo traseiro) é fornecido de fábrica com o sistema de travagem de emergência avançado (AEBS), aviso de colisão à frente (FCW) e controlo de cruzeiro adaptável (ACC). O sistema de aviso de saída da faixa (LDWS) também é instalado de série. O AEBS e o FCW têm como objetivo evitar colisões. Numa situação de emergência, o AEBS pode aplicar automaticamente os travões para evitar uma colisão ou minimizar qualquer impacto.

O controlo de cruzeiro adaptável (ACC) ajusta automaticamente a velocidade do camião para que corresponda à velocidade do veículo em frente. Como resultado, mantém-se uma distância segura entre os dois veículos. Isto permite que o controlo de cruzeiro seja utilizado sempre que possível, o que beneficia a economia de combustível. O aviso de saída da faixa (LDWS) funciona com uma câmara atrás do para-brisas. Se o camião sair acidentalmente da respetiva faixa, o condutor é avisado através de um sinal sonoro.

Fonte: ACRV

Livre-se das dores de cabeça ligadas à gestão do tacógrafo digital do seu camião.

Share.
Saiba mais sobre:   Tecnologia e Inovações

Leave A Reply