Comissão Europeia abre caça a transportadoras fantasma

0

A Comissão Europeia continua a rever de forma atenta o quadro legal que rege o setor dos transportes. Desta vez, a matéria em análise refere-se às empresas de transportes que estão registadas em determinados países mas que operam, efetivamente, nos seus países de origem.

Estas empresas, denominadas de empresas “fantasma”, acabam por declarar que estão estabelecidas num país (normalmente países do Leste da Europa), quando, na verdade operam noutros países.

O que a Comissão Europeia pretende é que as empresas que declaram estar sediadas em determinado país tenham, de facto, atividade nessas mesmas geografias, exigindo um esforço conjunto de todos os Estados-Membros, no sentido de “descobrirem sociedades ilegais e tomem as medidas necessárias para impedir o acesso ao mercado”.

 

Fonte: Transportes & Negócios (adaptado)

Siga os percursos da sua frota de pesados por terras francófonas e em mais de vinte países europeus – saiba como aqui.

Share.
Saiba mais sobre:   Negócios e Empresas

Leave A Reply