Carta por pontos: Em Espanha pouco mudou, e em Portugal ?

0

A tão falada carta por pontos entra hoje em vigor em Portugal, mas em Espanha o sistema já vigora há oito anos e ao que parece o número de acidentes não terá sofrido grandes variações, revela hoje a TSF.

A carta por pontos espanhola foi criada em 2006, sabendo-se que pelo menos até 2014 cerca de 6,5 milhões e meio de condutores sofreram penalizações. Estes números revelam que 1 em cada 4 automobilistas viu ser-lhe subtraído um ponto na carta.

No início todos tinham 12 pontos, podiam chegar a um máximo de 15, mas também houve 185 mil automobilistas que perderam a carta de condução ao esgotarem o crédito que tinham.

O excesso de velocidade foi a infração mais praticada: 42 por cento do total.

Segue-se a condução sem cinto de segurança 13 por cento e depois o consumo de álcool e a utilização de telemóveis com 9 por cento cada.

Se quiserem recuperar pontos perdidos para evitarem ficar sem a carta, os condutores espanhóis podem frequentar cursos de sensibilização e de código da estrada mas só o podem fazer de dois em dois anos.

Agora só resta saber qual será o impacto deste novo sistema na redução da sinistralidade rodoviária.

Por: Margarida Serra | Fonte: TSF (adaptado)

Vigie a atividade dos veículos da frota da sua empresa com soluções de localização por GPS.

Share.
Saiba mais sobre:   Legislação e Concursos

Leave A Reply