Aumento do ISP? ANTRAM quer diferenciação entre profissionais e particulares

0

O esboço do novo Orçamento de Estado para o ano de 2016, prevê o aumento de qutro cêntimos no valor do Imposto Sobre Produtos Petrolíferos (ISP) no gasóleo, uma decisão que já tem promessas de luta por parte da ANTRAM.

A associação defende uma diferenciação entre o transporte profissional e particular, considerando que esta não é uma situação sustentável A mobilidade de pessoas e bens é essencial ao desenvolvimento da sociedade e o atual Governo está a colocá-la em causa. O gasóleo, enquanto bem essencial à atividade do transporte público, constitui um factor produtivo. Não é um luxo. Não é um vício dispensável ou sacrificável para compensar medidas eleitoralistas”.

Para a ANTRAM esta medida insere-se num conjunto de impostos que só dificultam a evolução e sustentabilidade do setor, sendo “só mais um exemplo daquilo que consideramos um abandono deste setor”, onde se inclui a ausência da orgânica do Governo, pela primeira vez, de um ministério ou de um secretaria de Estado dos Transportes.

A ANTRAM deixa ainda o aviso de que irão lutar e encontrar várias formas de protesto, caso a medida de aumentar em quatro cêntimos o preço do litro do gasóleo, sob a forma de ISP, siga mesmo para a frente no novo Orçamento de Estado

Fonte: Transportes em Revista (adaptado) | Fonte (imagem) : Diário Rural

Faça frente ao encarecimento do serviço da sua frota de pesados com soluções que potenciam a poupança.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply