Antram desconfia do insucesso do gasóleo profissional

0

A Associação Nacional de Transportadores Públicos de Mercadorias (Antram) comentou, através de comunicado, as notícias que deram conta do insucesso da lei do gasóleo profissional para transportes de mercadorias junto de camionistas e das suas respetivas empresas.

Para a associação representante das transportadoras nacionais, as notícias poderão referir-se a empresas de transporte por conta própria que, por esse motivo, não terão acesso ao gasóleo profissional. Daí que, segundo a Antram, as notícias que deram conta desta quase ausência de procura poderão ser uma distorção da realidade.

Em comunicado, a Antram dá conta do esforço realizado na promoção desta nova lei junto dos seus associados, reiterando também a ambição de estender esta medida a postos de abastecimento de todo o país. A associação revela que os seus associados estão “completamente conscientes da importância e das mais-valias desta medida, uma vitória – fruto de um árduo trabalho de todos os envolvidos – para o setor dos transportes.” revelou.

Devido às semelhanças do imposto, a associação espera um dia ver as marcas petroliferas portuguesas a praticarem preços idênticos às suas congéneres espanholas.

Por fim, o mesmo documento espelha a determinação da Antram no alargamento desta medida, por acreditar que esta “promove a competitividade nacional, nomeadamente das zonas do interior, potenciando, desta forma, a capacidade de atrair empresas portuguesas que passem a abastecer em território nacional e, também, empresas de outros países da União Europeia, que passem a encarar o abastecimento em Portugal como uma opção” escreveu. 

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply